Archive for Tecnologia

Aprenda a economizar a bateria da câmera digital.


A cena é a seguinte: uma reunião de família. Depois de muitas fotos, você resolve juntar todos para registrar esse raro momento. Depois de muita insistência e finalmente conseguir chamar a família inteira, todos estão em posição e quando você tenta ligar a câmera percebe que a bateria está descarregada.

Se essa cena não aconteceu com você, com certeza já ocorreu algo muito parecido. Todos os fotógrafos, sejam eles amadores ou não, já passaram por algo semelhante, perdendo imagens importantes por ficar sem bateria na câmera depois de apenas algumas fotos.

E a verdade é que existem maneiras simples de economizar energia para que isso não ocorra. É        claro que a bateria das câmeras varia de acordo com a marca e o tipo da máquina, mas selecionamos dicas gerais para diminuir o consumo de bateria da sua câmera digital.

1. O principal vilão: tela LCD

Com certeza as telas de LCD são as responsáveis pelo maior gasto de bateria desnecessário. Ainda mais agora que estão cada vez maiores, podendo chegar até 4 polegadas.

A maioria das câmeras compactas só possui esta forma de visualizar a imagem na hora da foto, mas uma boa opção – e disponível em 99% das câmeras – é diminuir o brilho da tela. Assim, você garante a economia de energia sem perder o enquadramento da foto.

Para câmeras um pouco mais sofisticas ou profissionais é interessante desligar o visor LCD e fotografar utilizando o visor direto. Seja como for, diminuir o uso do LCD é certeza de economia. E este fator nos leva à segunda dica:

2. Visualizar e deletar imagens? Em casa!

Quantas vezes batemos a foto e ouvimos a pergunta: “Posso ver como ficou?”. Bem, na verdade, não pode. Ficar revendo as imagens feitas, deletando, selecionando em pastas e editando é um costume comum, mas que gasta muita bateria. Além de deixar o visor LCD ligado por mais tempo, você pede que a câmera realize várias funções que exigem muito da câmera e do cartão de memória, gastando, assim, mais energia. Portanto, se estiver com apenas uma bateria ou em um local sem ter como recarregá-la, deixe para editar e rever suas fotos em casa.

3. Flash: evite!

Em ambientes claros, evite o uso do flash.As câmeras digitais compactas são comumente usadas em modo automático. Nenhum problema até aí, pois eles são geralmente satisfatórios e não exigem conhecimento do usuário. No entanto, esse modo automático define, também, quando utilizar ou não o flash. E podem errar.

O flash gasta muita bateria. Você mesmo pode testar isso, verificando a diferença de fotografar um dia só com flash e outro sem. Com certeza vai perceber que a bateria dura por mais cliques sem a iluminação artificial.

Portanto, se o lugar fotografado for bem iluminado, desligue o flash da câmera. Além de economizar energia, vai proporcionar fotos melhores. Outra opção é utilizar flash externo, no caso de câmeras semiprofissionais e profissionais, pois eles funcionam com bateria própria.

4. Não carregue a bateria mais tempo do que necessário

Este é um erro comum, que muitas pessoas não percebem que cometeram. Ao colocar suas baterias (ou pilhas recarregáveis) para carregar, respeite o sinal luminoso: se ele informa que a bateria já está carregada, retire-a da tomada imediatamente. Deixar suas baterias na tomada por muito tempo pode ocasionar perda de células, diminuindo seu desempenho.

5. Carregar e descarregar

Outra dica com relação à bateria é tentar sempre carregá-la e utilizá-la até o final. Não é necessário esperar até que a câmera desligue. Logo que ela informar que a carga de bateria está baixa, pode recarregar. Mas evite carregar a bateria se ela ainda tem carga para ser utilizada.

6. Observações finais

Mesmo com as dicas acima ainda há coisas que você pode fazer. A primeira delas é verificar se sua câmera tem um modo hibernar. Isso garante que o visor LCD desligue sozinho quando não for usado depois de algum tempo.

Outra dica importante é sempre verificar a carga da bateria antes de sair de casa. Baterias que não forem utilizadas por muito tempo podem descarregar. Vale lembrar que é bom guardá-las em local seco e longe do calor.

E por fim, se puder, sempre carregue uma bateria extra. Melhor ainda se comprá-la juntamente com a câmera, pois a chance de pagar mais barato é maior. Dessa forma, a probabilidade de perder imagens legais por ficar sem carga é menor.

Esperamos que estas dicas ajudem você a não deixar de fotografar nenhum momento importante. São ações simples que podem economizar carga e prolongar a vida útil da bateria de sua câmera digital.

Fonte: Baixaki

Por Daniele Starck em 7/5/2010

Anúncios

Leave a comment »

Você não sabia que queria um…até ele chegar!


Logo após o lançamento de um iPhone já surgem especulações sobre o próximo, assim como fotos de protótipos e especificações técnicas, tudo desmentido pelo próprio Steve Jobs (manda-chuva da Apple) somente no lançamento oficial. Isso aconteceu logo após o lançamento do iPhone 3Gs, uma versão mais rápida 3G, onde começaram a imaginar e inventar características do próximo modelo. O nome iPhone 4g vazou e muitos pensaram que o aparelho contaria com o suporte da novíssima e ainda em testes tecnologia 4G, ledo engano! O nome 4G (agora somente Iphone 4) era somente comercial, sendo as verdadeiras mudanças apenas quanto à nova tela de altíssima resolução que supera a capacidade humana de distinção (*-*), a possibilidade de multitarefa, câmera de alta definição e outra frontal para ligações 3G, com uma bateria de maior duração. Tudo isso deve chegar ao Brasil, segundo especialistas, por um preço de R$ 3.000,00, mas algumas operadoras com certeza subsidiarão a compra dele em planos pós pago, baixando bem o preço.  A Apple conseguiu mais uma vez superar todas as expectativas, o iPhone ficou muito mais bonito, com linhas mais retas e cantos arredondados, ele continua sendo mais do que um telefone, uma obra prima de design e bom gosto, alem de obviamente um dos aparelhos celular mais cool do planeta.

Comments (1) »